Nota
“Quer saber? Deixa entrar. Deixa entrar o bom humor, a falta de preocupação com os outros. Preocupe-se com você. Com o que sente, o que pensa, e principalmente, com o que quer. A maneira como os outros agem é problema deles. Se eles não se importam com as próprias atitudes, com o que elas vão acarretar na vida dos que fazem parte dela, eles vão colher o que plantaram mais cedo ou mais tarde. A vida é feita de escolhas. O importante é fazer o seu, da maneira que acha certo, da maneira que te faz bem! Não se preocupe com o que está por vir, nem com o que passou, muitas coisas ainda irão acontecer. Existem um mundo lá fora, você só tem que saber enxergar. Se você gosta de alguém o suficiente a ponto de investir o seu máximo, invista. Mas não espere o retorno, pois nem sempre ele vem. Fazer esperando algo em troca é o caminho mais fácil para a frustração. Faça o seu, e mostre o quanto aquilo significa pra você, independente do resultado. Você só tem a ganhar. Se alguém não enxergar, outros enxergarão. As pessoas aprenderão a te valorizar da sua forma, quando você mostrar pro que veio à elas. Quando você começar a se impor, sem arrogância.”
Imagem

“Quer saber? …

Anúncios

Padrão

Um banco de praça, um senhor e uma jovem, cada um num canto. A jovem parece apreensiva, então o senhor pergunta: – O que te aflige?. Ela não sabia ao certo se queria falar sobre o assunto, mas poderia ser bom, gente mais velha sempre sabem o que dizer. – Tenho medo! – Medo de que? – O amor é lindo, mas dói. Se entregar dói, gostar dói, esperar dói. Dói. No começo é maravilhoso, mas e quando eu for dele? Digo, quando ele não precisar mais me conquistar, quando ele se acostumar comigo? -O que não dói? Seguir em frente, voltar atrás, ficar parado. Nada é fácil, viver dói. Agora se acostumar com você? Se alguém já fez isso, de fato não te merecia. Uma mulher é uma caixinha de surpresas, quando você acha que já abriu a última embalagem, ainda nem começou. E são instáveis, amam, mas sempre precisam de um algo a mais, uma atenção a mais, um homem que seja mais que um namorado ou marido. Porque, uma coisa é certa, uma mulher incrível, sempre será incrível. E se quem está com ela, um dia, deixar de perceber, outros farão o que ele não faz e o amor perde o chão. O amor é nobre, sempre. Amar é uma honra, saber amar um privilégio. Seus olhos não negam seu medo misturado com cansaço, mas ainda assim, dá pra ver a esperança. E isso é lindo, posso dizer que você é um dos privilegiados. É como comprar um saco de jujubas pela primeira vez, pegar de início uma branca, não gostar e se convencer de que jujuba é ruim, sem provar as outras cores. Não é justo. – E se eu só pegar jujubas brancas? – Você colore antes de provar! Nenhuma jujuba, depois de você, é capaz de continuar sem cor. Você é encantadora, menina. E se não fizer isso por você, faça pelo mundo! Não prive as pessoas de sentirem tua paz um dia. Mesmo em conflito, você brilha. Você é o saquinho de jujubas inteiro!. A menina sorriu, aliviada. Deu uma abraço agradecido e foi embora com a certeza de ser única, com uma vontade boa de ser amor sem bloqueios outra vez e com um novo doce preferido.

Marcella Fernanda

Certezas

Padrão

Não quero alguém que morra de amor por mim… Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando. Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade. Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim… Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível… E que esse momento será inesquecível.. Só quero que meu sentimento seja valorizado. Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre… E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor. Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém…e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto. Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho… Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento…e não brinque com ele. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo. Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe… Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz. Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz. Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas… Que a esperança nunca me pareça um “não” que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como “sim”. Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ele é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros… Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento. Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão… Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim…e que valeu a pena.

Mário Quintana

Retrô

Padrão

Oii galera! Depois de um bom tempo sem aparecer por motivos de estudo e tudo mais, me deu vontade de vir aqui e fazer uma RETROSPECTIVA de 2010. Falar das coisas boas, ruins, das pessoas… Enfim, descrever o que 2010 foi pra MIM.

Janeiro começou muito bem. Um banho de piscina, alguns pulinhos e o primeiro passo com o pé direito pra garantir aquela sorte. Roupa branca e vermelha, pois sempre me enganaram dizendo que vermelho significa amor. Mês de férias, muito Sol, churrascos e pernas pro alto. Mês de viagem com os amigos, de brincar muito de 33 e de brincar com a vida, de fazer o que der vontade longe dos pais. Mês de bolsão na escola nova e de ganhar 50% de desconto.

Fevereiro. Despedida, aulas, vida nova. RECOMEÇO. Nasce a minha linda afilhada e eu assisto a minha primeira cirurgia. Mês de fazer novos amigos, estabelecer novas metas, horários, responsabilidades. Início das aulas, do confinamento diário no Elite, do desespero com mil informações. “Calma, eu vou conseguir.”.

De março a novembro as coisas ficaram parecidas. Curso, casa. Casa, curso. Curso, casa. Casa, curso. (…) “Existe vida depois do vestibular?”. Um massacre de aulas, simulados, provas chegando e um estresse descomunal. Em contra partida, amigos maravilhosos compartilhando o mesmo sonho, apoio, festinhas de aniversário e amigo oculto. Solteira, sem ter tempo pra viver a minha prórpria vida, chorando no ombro da minha mãe (“Vai valer a pena minha filha, aguenta…”), descontando a minha raiva no Polle Dance. Dores de cabeça, miopia, espinhas; Roxos, verdes, músculos e PERSEVERANÇA. Força de vontade, literalmente. Perdi alguém que amo. Toda noite ele brilha no céu, o que significa que ainda está entre nós do jeito mais belo possível, ao lado de Deus.

Dezembro. PASSEI NO VESTIBULAR. Estava comprando roupa quando vi o resultado. Gritei, pulei, quase dei um abraço na vendedora. Minha mãe chorou. Meu pai gastou muito dinheiro. Comemoramos muito. Estou comemorando até hoje e farei uma festa. Arrumei um gato (fora do sentido literal agora). Por coincidência, ele acaba de me ver dançando Polle Dance de mulher gata. Arrumei também uma república pra morar em Teresópolis, colegas veteranos e meu guarda-roupa. MEU TIME FOI CAMEPÃO. Meus jogadores levaram muitos prêmios. EU FUI MUITO FELIZ.

E agora, no último dia desse ano que me custou tantas coisas, que exigiu tanto de mim e que me recompensou em dobro, eu fecho os olhos e penso no quanto TUDO valeu a pena. No quanto o fato de eu ter entregue tudo nas mãos Daquele Cara lá de cima me trouxe paz e sabedoria. Eu nunca pedi que as coisas chegassem de um jeito fácil, mas sim pra que eu nunca desistisse dos meus sonhos, dos meus amores e dos meus princípios. OBRIGADA MEU DEUS! Hoje eu sei que tudo realmente acontece na hora certa e que a vontade Dele é irrevogável, por mais que a gente não entenda ou aceite de imediato.

Eu quero é muito mais disso tudo!

Quero ser uma excelente médica, me dar bem com as pessoas que vão morar comigo em Terê e estar na terrinha toda sexta pra reencontrar o que eu deixei por aqui. Quero alguém que pense em mim diariamente e que esteja me esperando nos finais de semana e durante a vida toda. Essa é a descrição perfeita dos meus pais, mas eu quero um namorado, por favor. Ficadica. Quero ser menos carente e JAMAIS perder meus verdadeiros amigos, meus verdadeiros sentimentos. Quero paz, amor, saúde, sucesso, esperança, calma, sabedoria e a mega da virada.

Desejo TUDO isso a todos vocês! Ah, menos a mega da virada, é claro.

Atéeeeeeeee 2011 galeeera!

Espero voltar aqui contando minhas novas aventuras na FACUL e ao morar com 12 pessoas que eu jamais vi na minha vida. Afinal, ANO NOVO, VIDA NOVA! =)

Beeeeeeeeeijo !

FY

Padrão

“Sinceramente, abro mão. Vou atrás de um outro jeito de viver a minha vida, já que em qualquer situação diferente estarei lucrando.
Bom é isso, se agora isso ainda me causa alguma tristeza, tudo bem. Não se expurga um câncer sem matar células inocentes…”

Linhas Cruzadas

Padrão
“É cansativo viver sem vírgulas porque eu respiro a sua existência 24 horas por dia, e só coloco vírgulas teatrais para você não enjoar de mim.
Te amar não é fácil, é quase o anti-amor. É muito quase como se você nem existisse, porque só o homem perfeito mereceria tanto sentimento. E eu te anulo o tempo todo dizendo para mim, repetindo para mim, o quanto você falha, o quanto você fraqueja, o quanto você se engana.
E fazendo isso, eu só consigo te amar mais ainda.
E a gente vai por aí, se completando assim meio torto mesmo. E Deus escrevendo certo pelas nossas linhas que se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado.”